Empresa



Amauri Gilson Zimmermann –  Cremers 11397
Graduado em medicina em 1980
Especialista em Cirurgia Geral pelo Conselho Federal De Medicina
Especialista em Colo-Proctologia pelo Conselho Federal De Medicina
Percurso De Psicanálise na APPOA
Pós-Graduação em Videocirurgia 

Membro titular da sociedade Brasileira de coloproctologia. (www.sbcp.org.br)
Membro fundador da sociedade de proctologia do Rio Grande do Sul.
Member of the American Society of colon and Rectal Surgeons. (www.fascrs.org).


“Antes de sermos médicos, deveríamos ser filósofos”, dizia Galeno. O discurso atual da medicina exclui a subjetividade do sujeito na equação da doença. O momento atual da medicina é pragmático, com um discurso que sinais e sintomas, somados a exames complementares formam um diagnóstico e assim tratamos a doença.Esta correto que tratemos só  a doença? E o doente?” O significante passa pelo corpo”, dizia Lacan, ou seja  que o corpo possa estar sendo usado para pedir socorro. Se os médicos “olharem” o doente como um sujeito e a sua subjetividade, penso que podemos ajudar este sujeito a usar menos o  corpo para pedir socorro.